Últimos assuntos
» Registro de Avatares
Dom Nov 11, 2018 6:04 pm por Chase S. Andrieux

» Raças
Sex Out 26, 2018 8:34 pm por Hogwarts Castle

Conectar-se

Esqueci minha senha

Trama Atual

Ano ON ► 2010 ◄

Ano de 2010, após a grande e histórica batalha de Hogwarts e a queda do infame Lord Voldemort, o mundo bruxo passou por uma longa era de paz e reconstruções, não que não tenha existido tentativas de surgimento de um novo bruxo das trevas, mas nenhuma delas fora organizada o suficiente ou poderosa o suficiente que pudesse colocar o mundo bruxo em um grande perigo, não desde a derrota de Voldemort. Depois da queda dele o Ministério havia iniciado uma reformulação deixando os Aurores preparados para sempre que alguém tentasse seguir os passos do lendário Lord Voldemort fosse preso antes que se tornasse poderoso o bastante, ou atraísse aliados à causa, dessa forma não haviam mais grandes batalhas ou guerras, apesar de Azkaban nunca ficar vazia.

50 anos haviam se passado, desde que o grande bruxo das trevas havia sido derrotado, a historia de um bruxo que poderia reunir um grande número de seguidores para acabar com a paz do mundo bruxo havia se tornado uma lenda, algo em um passado distante, algo que o Ministério confiante não acreditava que surgiria novamente, para todos isso era apenas historia, não havia possibilidade de isso voltar a acontecer, com toda a segurança de hoje em dia... Bem, pelo menos era isso que o Ministro da Magia pensava, porém ele não contava que a falta de equilíbrio entre o bem e o mal, a descrença de que algo assim poderia acontecer novamente, estava deixado algumas defesas abertas, defesas essas que poderiam ser bem aproveitadas por alguém que quisesse refazer os passos daquele que um dia apavorou a todos.

E era assim que Trevas estava ressurgindo, aos poucos, agindo nas escuras, testando as defesas dos Aurores, estudando suas falhas, reunindo seguidores, fazendo pequenos ataques para conhecer seu oponente, em um pequeno jogo, ninguém sabia ainda os planos reais deles, ninguém acreditava que um novo Lord surgiria para continuar com os planos daquele que havia sido derrotado 50 anos atrás, alguns Aurores desconfiavam apenas que algo ruim estava para surgir, mas ninguém estava preparado para o renascimento das trevas no mundo bruxo.

Administração
Nombre
Criação de Tópicos
Administrador
Enviar MPVer perfil
Storyteller
Tramas
Missões
Enviar MPVer perfil
Nombre
Apellido
Moderador
Enviar MPVer perfil
Nombre
Apellido
Moderador
Enviar MPVer perfil
Melhores do Mês
Premio obtenido
Nombre apellido
Premio obtenido
Nombre apellido
Premio obtenido
Nombre apellido
Premio obtenido
Nombre apellido

Raças

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Raças

Mensagem por Hogwarts Castle em Sex Out 26, 2018 8:34 pm



Vagas das Raças
Accio Magic


Para pertencer a qualquer raça você precisa de uma trama e permissão da administração para tal. Portanto sempre acaba ser mais difícil conseguir pertencer a uma raça quando você não participa muito, já personagens mais participativos tendem a conseguir pertencer a raças com mais facilidade. Existem dois tipos de Raças: Genéticas e Adquiridas.

Genéticas

As raças genéticas são aquelas que o personagem já nasce com elas, como é o caso, em principal, das meio-veelas, ou daqueles que nascem com determinada maldição, para isso, obviamente, você deve ter uma trama bem elaborada explicando. Vale lembrar que ela se propagará por todas as futuras gerações! Ela não precisa ser exatamente estudada, o tempo que você assimila ela acumula-se com outras atividades, ela se desenvolve naturalmente em você.

Adquiridas

Raça adquiridas são aquelas que, através da trama, se tornam participantes de determinada raça, nesse caso apenas o Vampirismo e a Licantropia é permitido. Para ganhar essa habilidade é necessário postagem onde o personagem é mordido, infectado de alguma maneira, por algum membro da raça, para isso é, REALMENTE, necessário a postagem. Ela deve ser realizada por alguém que já seja contaminado, vale lembrar que o Ministério não é muito fã de quem sai por aí contaminando os demais.

Vampiro(a)


Vampiro Adulto - VAGO
Vampiro Adulto - VAGO
Vampiro Adulto - VAGO

Vampiro Criança - VAGO
Vampiro Criança - VAGO
Vampiro Criança - VAGO

Lobisomem


Lobisomem Adulto - VAGO
Lobisomem Adulto - VAGO
Lobisomem Adulto - VAGO

Lobisomem Criança - VAGO
Lobisomem Criança - VAGO
Lobisomem Criança - VAGO

Meio-Gigantes


Meio-Gigante Adulto - VAGO
Meio-Gigante Adulto - VAGO
Meio-Gigante Adulto - VAGO

Meio-Gigante Criança - VAGO
Meio-Gigante Criança - VAGO
Meio-Gigante Criança - VAGO

Meio-Veela


Meio-Veela Adulto - VAGO
Meio-Veela Adulto - VAGO
Meio-Veela Adulto - VAGO

Meio-Veela Criança - VAGO
Meio-Veela Criança - VAGO
Meio-Veela Criança - VAGO



Última edição por Hogwarts Castle em Sex Out 26, 2018 8:44 pm, editado 3 vez(es)
Administradores
avatar
Mensagens :
609

Hogwarts Castle
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Raças

Mensagem por Hogwarts Castle em Sex Out 26, 2018 8:34 pm



Descrição das Raças
Accio Magic

Bruxo


Bruxos são seres humanos nascidos com a habilidade de usar magia. Um indivíduo humano do sexo masculino com habilidade mágica é conhecido como bruxo (plural: bruxos), e um indivíduo humano do sexo feminino com habilidade mágica é conhecido como bruxa (plural: bruxas), embora "bruxo" é às vezes usado como substantivo singular sem gênero, como "homem".

A habilidade mágica é um traço herdado geralmente passado de pai para filho. Enquanto os puro-sangue nascem de dois pais bruxos e os mestiços nascem geralmente de um bruxo e um trouxa ou nascido-trouxa, os bruxos e bruxas nascidos-trouxas nascem com suas habilidades mágicas porque descendem de um Aborto que geralmente se casou com um trouxa. Deste ponto em diante, aquele ramo da família bruxa geralmente perde todos os traços de seu legado bruxo, que reaparece muitas gerações depois em descendente nascido-trouxa.

Vampiro(a)


Ao contrário dos vampiros comuns (criaturas mágicas), os Vampiros Humanoides são seres humanos que, assim como os licantropos, foram mordidos por outros Vampiros e contaminados com o seu DNA, passando a integrar características próprias deles. Tanto trouxas comuns quanto bruxos podem ser afetados e, quando o são, sua aparência é drasticamente alterada: seus olhos tornam-se amarelos, sua pele empalidece por completo, seus dentes caninos são alongados e suas habilidades físicas, melhoradas.

Existem poucos vampiros de nascença e pouco sabe-se sobre eles, uma vez que prefiram permanecer no anonimato. Vampiros têm uma aversão ao alho e podem ser mantidos à distância por sua presença. Eles bebem sangue, apesar de serem capazes de comer coisas como pastéis, e a Dedosdemel vende pirulitos que têm gosto de sangue, presumivelmente para vampiros. Vampiros necessitam de sangue para sobreviver, mas não necessariamente de seres humanos. Também são mais sensíveis à luz solar, obrigando-os a evitá-la ou proteger a pele quando esta estiver em contato com o Sol.

Lobisomem


Um lobisomem é um ser humano que, após a completa ascensão da lua cheia, se torna um temível e mortal lobo. Esta condição é causada por infecção por licantropia. Lobisomens aparecem na forma de um lobo, mas existem distinções entre eles e lobos comuns.  A Poção Mata-Cão, inventada por Dâmocles, permite ao lobisomem manter sua mente humana durante a transformação.

Uma vez por mês, durante a lua cheia, o bruxo se transforma em uma fera assassina, parecida com um lobo humanoide. A pessoa perde a consciência humana e apresenta quadros de violência e voracidade intensos.  Um lobisomem não pode escolher se quer ou não se transformar e não vai se lembrar de quem eles são e mataria até mesmo seu melhor amigo, dada a oportunidade, uma vez transformada. Apesar disso, eles são capazes de recordar tudo o que experimentaram ao longo de sua transformação, revertendo para sua forma humana.

Meio-Gigantes


Os meio-gigantes são seres com herança de sangue parte de gigante, parte humana. Por exemplo, um humano pode ter uma mãe gigante e uma pai bruxo ou vice-versa. No entanto, a logística de uma bruxa de tamanho normal que carregam um bebê meio-gigante é difícil, se não impossível, de imaginar, e muito menos a logística deste tipo de concepção.

Os meios-gigantes são altíssimos para os padrões humanos, algo que esteja entre os 2,5 a 3 metros, apresentam uma resistência natural a uma gama de feitiços impactantes, virtude herdada dos gigantes, além disso; suas mãos, pés e nariz são quase desproporcionais ao corpo, bastante largos, suas peles são resistentes e grossas, são desengonçados para caminhar e suas vozes são graves e roucas, por fim, a força de um meio-gigante é ilustre e exímia. A personalidade, entretanto, é quase extremista; meio-gigantes sofreram o preconceito dos gigantes naturais e, por parte da comunidade bruxa, por seu sangue mestiço, isso se reflete no tom do seu caráter, alguns tímidos e acanhados, outros mais ferozes e desconfiados.

Meio-Veela


Meio-veelas apresentam singularidades assaz interessantes; em muitas peculiaridades se assemelham a criatura veela, notável pela aparência feminina exuberante e pela fúria por trás do carnal tão atrativo; esse híbrido, que surge do encontro entre um bruxo e uma veela, é característico pelo físico deslumbrante; as moças herdam peles pálidas, alvas como brumas e de brancura angelical, o tom dos fios são claros, entre o ouro e o platinado; seus olhos são infinitos em cores suaves, os traços são finos e severamente delicados; mãos e pés pequeninos e invariavelmente frágeis; o caminhar é equilibrado, silencioso e harmônico; o corpo é magro e gracioso, cinturas com admiráveis curvas e belos quadris, e a expressão facial é facilmente decifrável por sua sutileza, entretanto, são herdeiras de um temperamento pouco propenso a aborrecimentos.

São aptas e virtuosas para a sedução, o seu charme é engenhoso e quase beira a linha da hipnose; porém, como outros híbridos e por ser uma mestiça, as meio-veelas são rondadas por falsas lendas e preconceitos. O gene não se manifesta de forma tão concreta em homens nascidos meio-veela, herdam um carisma exacerbado, um físico esguio e belo com detalhes esculturais, são dotados de uma agilidade diferenciada, podendo desviar duas vezes seguidas, além de terem um charme tão afinado quanto o das mulheres. No universo mágico, Fleur Delacour é neta de uma veela, sendo ela própria 1/4 Veela, sua aparência era notavelmente encantadora.

Trouxa


Um trouxa (também chamado de não-mágico nos Estados Unidos) é um ser humano naturalmente incapaz de fazer magia, ou seja, a antítese de um bruxo. A maioria dos trouxas não sabem que a magia e o mundo mágico existem e os poucos que sabem são geralmente os pais ou parentes próximos de bruxos e bruxas (por exemplo, os pais de Hermione Granger e os tios de Harry Potter). Os trouxas não devem ser confundidos com os abortos, que também não detêm magia, mas nasceram de famílias bruxas e conhecem o mundo bruxo. Existem dez vezes mais trouxas do que bruxos no mundo.

Administradores
avatar
Mensagens :
609

Hogwarts Castle
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum